FLORACAST: um podcast para quem ama falar sobre flores

Já está no ar o primeiro podcast sobre flores! Com o intuito de compartilhar conteúdo sobre o tema de forma dinâmica, prática e interativa, a Cooperflora lançou o “Floracast”. No ar desde abril de 2021, o podcast traz como convidados, especialistas no setor para discutir sobre o mercado das flores, suas tendências, desafios e inovações.

Com bate-papos descontraídos, nós buscamos te atualizar sobre os principais assuntos da área e propomos discutir, de maneira leve e informativa, temas que impactam e agregam conhecimento aos produtores, compradores e entusiastas das flores.

Ao longo das últimas semanas, já conversamos sobre posicionamento de marca no Instagram com Rafael Stefani, da Agência Blues (este foi um episódio produzido através de questionamentos de floriculturas sobre o assunto) e adequações do mercado em tempos de pandemia e reinvenção no formato digital com nossa cliente Cooperflora e idealizadora do espaço Galeria Botânica, Gabriela Nora.

Para falar sobre conservação das flores no pós-colheita, batemos um papo com Gustavo Vieira, engenheiro agrônomo e profissional responsável pela área comercial de varejo da Cooperflora. Em seguida, para o 4º episódio do podcast, conversamos com Fernanda Wanderlind, gestora da área Gestão e Gente, sobre o “Jeito de Ser” da Cooperflora;

Também discutimos sobre flores desidratadas e a tendência do setor, com Marina Pierobon, do ateliê Lá da Naná; inspiração e referências do profissional das flores, com o artista floral, Michel Benevenute e sazonalidade das flores, com o especialista em produtos na Cooperflora, Edson Ribeiro.

Melhoramento genético de plantas e flores e o trabalho do breeder foi o tema do nosso 8º episódio e, para falar sobre o assunto, convidamos o agrônomo e diretor da ball Horticultural do Brasil, Roberto Berganton; a proprietária da tradicional floricultura curitibana, Agapanthus, Márcia Carazzi foi nossa companhia para conversamos sobre os novos hábitos no consumo de flores. E, em nosso mais recente episódio, falamos sobre inovação e tendências na decoração floral, com Paula Lo Frano, responsável pelo marketing da Floral Atlanta.

Para ouvir os episódios acima, basta acessar o “Floracast” na plataforma de streaming Spotify ou clicar aqui. Novos episódios são disponibilizados semanalmente, às terças-feiras. Todo o conteúdo pode ser acessado de forma gratuita.

Contamos com sua companhia nessa jornada sobre o mundo das flores!

 

Boas práticas para o Varejo!

Outubro Rosa no CAISM

Em outubro, temos o Outubro Rosa, campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero. Todos os anos, em parceria com a Transportadora Inova, o Grupo Reijers e a Cooperflora fazem uma ação com o CAISM, Hospital da Mulher e nesse ano, não foi diferente. 

“FLORESCER” foi o tema escolhido este ano pelo hospital para reforçar a campanha do Outubro Rosa trazendo a reflexão para uma pausa a admirar o belo, renascer, plantar sementes, encorajar mulheres, compartilhar conhecimento e conversar sobre o Câncer de Mama. 

Com um planejamento de entrega seguro com equipes montadas por horário de saída dos colaboradores e lotes de flores separadas em carrinhos, por equipe e por horário, garantindo que todos pudessem ter acesso a esta oferta dos nossos produtores sem aglomerações e em total segurança para todos os envolvidos, as flores inundaram os corredores do hospital, transmitindo amor e gratidão para os profissionais que estão direta e indiretamente combatendo o câncer e para as pacientes em passagem por lá. 

O outubro é rosa, mas os cuidados têm que ser tomados o ano inteiro. Boa alimentação, rotina de atividades físicas, autoexame e acompanhamento médico regular são as chaves para combate e diagnóstico precoce da doença! 

Conheça a história da espuma floral.

Há algumas semanas, anunciamos em nossas redes sociais e aqui no blog nossa parceria com a Oasis, líder de mercado no segmento de acessórios para floricultura e hoje vamos falar de seus produtos mais notáveis: as espumas florais. 

A espuma floral foi desenvolvida por Vernon Lewis Smithers, fundador da Oasis, nos Estados Unidos no início da década de 1950 e, desde então, vem se adaptando às mais diversas necessidades, de pequenos arranjos à superproduções. A novidade se popularizou no Brasil em 1986, quando foi iniciada a fabricação aqui. Antes, a única opção era importar e os altos custos limitavam a utilização em larga escala. 

As espumas da Oasis garantem sempre a longevidade da planta, já que possuem rápida absorção e retêm o líquido por diversos dias. Além disso, estão disponíveis não só em muitos tamanhos e formatos, como o cilíndrico, esférico e até de coração, como também possuem uma variante com uma cor diferente: a MidnightEla é cinza e fica preta quando encharcada e pode ser usada como o próprio corpo do arranjo, dando um ar elegante e sofisticado à produção. 

Procurando diminuir os impactos no meio ambiente, apresentaram a Espuma Floral Deluxe Maxlifecom a qualidade já padrão dos produtos Oasis e com seu principal diferencial: ser a primeira e única espuma 100% biodegradável em 568 dias. Isso tudo com certificação no Padrão ASTM D5511. 

É importante frisar a necessidade do descarte correto de espumas após a utilização: coloque no lixo comum BEM embalada; não coloque para compostagem ou no jardim e as águas que contém traços de espuma não devem ser jogadas em pias, vasos sanitários ou ralos, mas sim muito bem filtradas antes. 

Por fim, voltamos a lembrar que todos os produtos da Oasis, incluindo as maravilhas que falamos, estão disponíveis para compra pelo SINC, nosso sistema on-line de vendas! 

Cooperflora e Oasis juntas

E o mês de setembro chegou cheio de novidades por aqui.

Quem é da área de floricultura e decoração, sabe como o uso dos acessórios florais como espuma, floral tape e conservantes (entre diversos outros itens), são essenciais para agilizar o dia a dia do profissional.

Pensando nisso, nos juntamos à Oasis do Brasil, para deixar a sua vida ainda mais fácil: já estão disponíveis no SINC, nosso sistema de vendas online, todo o portfólio de produtos da Oasis.

Ou seja, cliente Cooperflora, agora além de comprar flores, plantas e folhagens pela nossa plataforma, poderá adquirir também os demais itens que compõe sua lista de compras, usufruindo de todas as facilidades e serviços, disponibilizados pela cooperativa (como o frete e entrega dos produtos em diversas regiões do país).

Saiba mais sobre a Oasis

A Oasis possui fábricas em 20 países diferentes, entre as Américas, Europa, África e Ásia, além de 9 laboratórios e reúne cerca de 1.000 colaboradores.

Líder de mercado no segmento de acessórios para floricultura, a empresa fabrica além da espuma floral, disponível em diversos formatos e carro chefe da marca, uma linha de conservantes, spray para flores e folhas, colas e fitas adesivas próprias para a confecção de buquês e arranjos, entre outros.

Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas

Superação e resiliência, sucessão familiar, gestão financeira da propriedade e as perspectivas para o agronegócio no cenário político e econômico. Esses são alguns dos temas que cerca de 10 mil mulheres que atuam em mais de 200 cooperativas de todo o Brasil terão acesso nos dias 29 e 30 de setembro, no Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas que, este ano, será realizado de forma virtual, por conta da pandemia.

Teresa Cristina, a ministra da Agricultura, Padre Fábio de Melo e o jornalista Alexandre Garcia, são alguns dos nomes confirmados.

“É de fundamental importância um espaço, um evento que proporcione reflexões e conexões para que a gente perceba que não está só. Afinal, somos muitas e é importante estarmos juntas debatendo e construindo uma base sólida para enfrentarmos essa fase. Ao invés de desistirmos, esse é o momento de insistirmos em nossos objetivos. É assim que vamos construir uma sociedade mais forte, mais justa e equilibrada para todos e todas”, afirma Tânia Zanella, Gerente Geral da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), que está organizando o Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas.

Vale reforçar que o evento é voltado para mulheres cooperativistas, no intuito de auxiliar o desenvolvimento na propriedade rural, mas, mulheres do agro, além de homens que tenham interesse, podem se inscrever. Para outras informações e agenda completa do evento, acesse: www.gpoconecta.com.br/enmcoop.

Drive-in matrimonial

Nos últimos mesestemos falado de algumas alternativas ao casamento tradicional para garantir a segurança dos noivos e dos convidados e, na semana passada, o “Estado de S. Paulo” trouxe mais uma matéria sobre eventos diferenciados e a modalidade da vez é o drive-in. 

Anderson Oliveira Ometo e Kelly Duarte se casaram nTransamerica Drive-In em Alphaville com direito a transmissão por telão, sorteio do buquê pela placa do carro e, claro, todos os convidados dentro de seus carros, além de transmissão online para quem preferiu ficar em casa. local em que foi realizado suportaria 200 veículos, mas, para reforçar o distanciamento, a quantidade caiu para 70 e só era possível sair do automóvel com aviso prévio para usar o banheiro ou ir ao bistrô, onde foram servidas as refeições, e as bebidas (todas não alcoólicas) eram servidas no veículo. 

Um casamento assim pode ser orçado a partir de R$ 25 mil, com aluguel do espaço, estrutura de LED, som, luz, serviço de catering e bufê e manobristas, segundo Leo Rizzo, CEO da Soccer Hospitality, uma das idealizadoras do Drive-In FunfestDisse ainda que esse evento, que apareceu até na televisão, pareceu ter acendido uma faísca nas noivas e receberam mais de 40 pedidos de orçamento após. 

Em Pernambuco, na cidade de Aldeia, esse mercado também tem se adaptado. A assessoria de casamentos Barradas Cerimonial realizou um evento em um lugar paradisíaco, embaixo de uma árvore, o sonho do casal.  

A empresa organizou lugar para o espaçamento dos carros, aferição de temperatura na entrada e um esquema de comunicação por WhatsApp: todos os convidados estavam em um grupo no aplicativo e, por ele, faziam o controle de quem precisava sair do carro para ir ao banheiro, por exemplo, contou Tayna Alves, sócia do Barradas Cerimonial. Além disso, todo o bufê e bolos foram servidos em caixinhas no próprio carro. A foto com os noivos foi, também, diferente e era tirada com o casal próximo ao carro, sem contato físico. 

Todos esses eventos adaptados à situação continuam dando esperança para o mercado de eventos e para os casais que planejavam fazer o esperado casamento nesse ano e, para nós, felicidade em ver esses momentos de alegria e emoção acontecendo e sendo compartilhados. 

Conheça mais sobre o Lírio Dobrado pelo produtor Kelvin Reijers

A produção de flores da Fazenda Alpes iniciou sua produção na região da Serra da Mantiqueira no Sul de Minas Gerais em 1983, local escolhido devido ao clima mais ameno da região com Altitude de 1500metros do nível do mar. A primeira cultura estabelecida foi o Cravo depois iniciou se junto com o Cravo o Lírio e atualmente a produção é de Lírio, Protéa e Calla. A produção de Lírios iniciou se em 1987 com uma única variedade chamada Yellow Blaze, com o passar dos anos novas variedades foram chegando e hoje trabalhamos com uma média de 10 variedades, mas todo ano a fazenda procura se atualizar com novas variedades.

Os Bulbos de Lírio (material de propagação) são trazidos da Holanda anualmente em contêineres e armazenados em câmaras frias, de lá semanalmente são retirados para plantio conforme a programação. Toda a produção é realizada dentro de estufas.

Na busca por novidades para nossos clientes nos deparamos com o Lírio dobrado (Roselily), e resolvemos negociar com nossos fornecedores a importação deste material para o Brasil, iniciamos um pequeno teste em 2018, mas na ocasião as variedades não se adaptaram bem, em 2019 fizemos um teste maior com novas variedades e novo manejo e apesar das dificuldades conseguimos iniciar a comercialização, agora em 2020 com mais experiência e com variedades mais adaptadas conseguimos comercializar em uma escala um pouco maior mas devido ao seu custo elevado o volume de comercialização ainda é pequeno e corresponde por volta de 4 % da produção de lírio. Esperamos que a cada ano possamos aumentar a produção para atender todos os nossos clientes. Atualmente comercializamos duas variedades uma Rosa e uma Branca, esperamos conseguir mais cores nos próximos anos.

O lírio Dobrado (Roselily) é comercializado em um ponto mais aberto pois mesmo depois das primeiras pétalas abertas ele continua abrindo as pétalas subsequentes e quanto mais pétalas vão abrindo mais bonito ela vai ficando, como ele não tem pólen ele não mancha as pétalas mesmo depois de aberto. Ele tem um perfume bem agradável e sua durabilidade é até maior que a dos lírios convencionais pois ele vai abrindo novas pétalas sobre as outras.

Embora ele tem um custo bem mais elevado, o mercado vem aceitando muito bem o produto, aos poucos as pessoas vão descobrindo sua versatilidade e durabilidade, a procura vem aumentando a cada dia.

Florir com acessibilidade #ParaCegoVer

Nas últimas décadas, houve uma expressiva melhoria na acessibilidade para pessoas com deficiência no Brasil, iniciando com a Constituição de 1988, que instituiu inclusão social. Em 2015, foi instituído o Estatuto da Pessoa com Deficiência, que, dentre outras coisas, reforçava a garantia dos direitos fundamentais e acesso à justiça e punição para atitudes discriminatórias. A inclusão, no entanto, tem que acontecer em todos os âmbitos, inclusive o digital. 

As pessoas com deficiência visual não conseguem visualizar as fotos que postamos no Instagram, por exemplo e o Movimento Web para Todos” (https://mwpt.com.br/) alerta para essa necessidade de tornar acessíveis perfis de redes sociais, sites e aplicativos. Muitas empresas adotaram as hashtags #ParaCegoVer, #TimelineAcessível, e diversas outras como meio de acessibilizar seus perfis. Atualmente, o Instagram, Twitter, Facebook, entre outros, possuem ferramentas de descrição de fotos ou texto alternativo, como é chamado em alguns locais. 

Reconhecendo a importância e necessidade dessa atitude, a Cooperflora começará a descrever as imagens de nossos posts, esperando que possamos traduzir a beleza das flores e aproximar todos os nossos seguidores, principalmente os que não eram incluídos anteriormente. 

 

Fontes: https://mwpt.com.br/ 

https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-constitucional/portadores-de-deficiencia-igualdade-e-inclusao-social/#:~:text=Nos%20termos%20da%20Constitui%C3%A7%C3%A3o%20Federal,o%20direito%20%C3%A0%20educa%C3%A7%C3%A3o%2C%20o 

https://uxdesign.blog.br/trabalhando-com-texto-alternativo-de-imagens-em-redes-sociais-a22fa214ee6 

https://blog.freedom.ind.br/conheca-as-conquistas-do-estatuto-da-pessoa-com-deficiencia/ 

https://www.instagram.com/movimentowebparatodos/ 

Casamento virtual!

Desde o início da pandemia, alternativas vêm sendo buscadas para substituir momentos importantes e marcantes, mas, que geravam aglomerações, como o casamento. Há algumas semanas, compartilhamos a história de um casal que resolveu fazer o casamento via live do Instagram e, aparentemente, essa tendência pode vir para ficar. 

A revista Forbes, no dia 14 de julho, publicou uma matéria sobre um casal que realizou a cerimônia virtual em um hotel, o The Post Oak, por meio de um pacote oferecido pelo local. Esses, inclusive, estão sendo cada vez mais comuns, como o hotel Lagham, que recentemente lançou o The Essential Langham Wedding, um pacote que inclui uma sala para até 25 participantes, um juiz de paz, uma sessão de fotos de duas horas, champanhe, bolo, uma noite no o hotel e, é claro, serviços de teleconferência para convidados virtuais. 

O importante de tudo isso é que o momento de felicidade e emoção ainda consegue ser realizado e compartilhado com responsabilidade e de acordo com as normas de segurança para proteção contra o COVID-19. 

 

 

 

Flower Flash em NYC em meio a pandemia…quem viu?

Nova Iorque passou de uma das cidades mais movimentadas do mundo para um vazio e silêncio profundo por conta do isolamento social.

Agora, imagine você, andando praticamente sozinho por Manhattan, quando, em uma esquina, se depara com uma enorme escultura de flores. É impossível não parar para admirar e sentir uma onda de amor e esperança, não é?!

A ideia genial veio do designer floral Lewis Miller. Nascido na California, sempre foi apaixonado pela natureza e, aos 18 anos, se mudou para Seattle, onde estudou jardinagem e design de paisagens. Após sete anos, em 2000, mudou-se para Nova Iorque, onde trabalhou em boutiques florais e, eventualmente, abriu sua própria empresa: LMD New York (Lewis Miller Design), que logo se tornou uma das principais empresas florais da cidade, conhecida por seus casamentos e decorações de festa.

Nos últimos meses, Lewis e sua equipe estiveram secretamente criando o que chamaram de “Flower Flash”, arranjos de flores nas latas de lixo e nas esquinas de Manhattan. Eles buscaram honrar as equipes médicas e outros serviços essenciais, trazendo alegria para Nova Iorque e dando as boas-vindas à primavera no Hemisfério Norte, mesmo durante a pandemia. O autor disse que “se você puder parar e ter um segundo de alegria… isso é incrível, porque é uma das coisas que estão em falta e são tão difíceis.”

A beleza das flores que apareciam aleatoriamente pela cidade foi um presente dado pela equipe de Lewis para o bairro toda manhã. Começavam as instalações por volta das 5h45 da manhã e terminavam logo antes do nascer do Sol, sempre deixando em segredo o local onde estariam, a fim de surpreender os que por ali passassem. A mensagem de amor e gratidão é muita linda e nos dá uma inspiração para seguir em frente, com fé que tudo irá passar e iremos florescer novamente.

12 aprendizados com as vendas do dia das mães 2020 por Augusto Aki

Contextualização

Em meio a um cenário “dantesco” e nunca visto na economia mundial, podemos dizer que tudo nesse último dia das mães foi surpreendente. A começar pela expectativa, pela experiência e depois pelos resultados.

Os historiadores costumam dizer que a mudança que marca um novo século não é exatamente a data cronológica (exemplo 1999 x 2000) mas um fato marcante ocorrido nesse período.

Para flores, poderíamos dizer que o surgimento do Veiling foi um marco na mudança de ciclo temporal no mercado, e, da mesma forma, a ocorrência da pandemia em 2020 foi outra. Em cada um desses casos, o mercado não foi e nem será mais o mesmo.

Em primeiro lugar vale reforçar uma projeção que fizemos logo no início da quarentena sobre comportamentos que iriam nortear o comportamento de consumo (e logo de compra de flores e plantas) nesse novo mundo que estamos entrando. Ele está representado no infográfico abaixo.

Os resultados apontados abaixo foram obtidos a partir das repostas de cerca de 50 lojas distribuídas por todas as regiões do país.

Principais características da venda esse ano no dia das mães:

Principais problemas verificados

As lojas apontaram como problemas:

Aprendizados

  1. Há uma alavancagem positiva de consumo quando há redução de preços
  2. Os supermercados afetam o mercado de flores quando a demanda não está aquecida
  3. A comunicação pode criar valor para o produto
  4. O atendimento pode destruir esse valor
  5. As lojas ainda não estão capacitadas para fomentar vendas pelas redes sociais (elas foram atropeladas pelos fatos)
  6. Quem desenvolve sua tribo de clientes consegue garantir mais sustentabilidade em vendas. A estratégia PHIDIGYTAL será o grande norte da estratégia para as lojas
  7. Muitos produtos agrupados e montados sugerem o crescimento do Home Gardening e do Urban Jungle. As pessoas costumam presentear com o que elas mesmos gostam e assim cultivar esses hobbies localmente fomenta a compra nas datas de pico
  8. O efeito do dia das mães pode ser reproduzido em outras datas semelhantes como Dia da Vovó, Dia do Amigo e Dia dos Pais.
  9. O dia dos Namorados precisa passar por uma releitura para se beneficiar desse foco. Há um vídeo específico explicando isso em nosso blog negocioscomflores.com.br
  10. Muitas lojas atuaram com parcerias multivarejo (outros presentes) o que deu muito certo em termos de valor agregado e compartilhamento de clientes
  11. Já há mostras que o fim da quarentena e do estado de emergência causa uma bolha de consumo (Na China, Na Itália e em alguns países da Europa isso já foi verificado) e assim, trabalhar o cadastro e a boa comunicação pode permitir um 2º semestre de boas vendas)
  12. A safra de aniversários e a Primavera são datas que possibilitam estratégias especiais e oportunas de vendas.

Comemorar a vida e a busca de um novo propósito (atividades manuais, reforço de relacionamento, preocupação com a comunidade, atividades ao ar livre) serão nossos argumentos de relacionamento. E quem tiver melhor relacionamento, terá melhores vendas.

Grande parte desses temas foram transformados em modelos de negócio e estão à disposição de todos no nosso PROGRAMA DE MENTORIA. Vejam detalhes em https://boletimaugustoaki.negocioscomflores.com.br/

Augusto Aki

www.negocioscomflores.com.br     19 991279660   akiaugusto@gmail.com

 

6 passos para seu negócio atravessar os próximos meses, por Augusto Aki

Enquanto o debate sobre quando reabrir as lojas continua, convido vocês a REFLETIR sobre liquidez.

E ela que paga as contas e permite investimentos. Ela nos dá o sustento e permite qualidade de vida.

Até aí, todo mundo concorda.

Quem não tem liquidez não fica em casa, mesmo com risco a saúde. É o caso da população de baixa renda ( pois na classe média ou se tem liquidez ou se financia através dívida).

Quem continuou de alguma forma operando ou agora terá q operar a força, terá que enfrentar a falta de liquidez do mercado, ou seja, abrir não é sinônimo de liquidez.

O pior é que abrir pode nesse momento enfrentar outro problema – não ter o produto (ou por falta de entrega ou por falta de liquidez para colocá-lo).

1ª DICA – A CRISE VAI PASSAR, mas nunca mais DEVE FICAR sem reservas. Não gaste tudo que ganha e nem assuma dívidas que te impeçam de guardar dinheiro.

2a DICA– para botar sua vida financeira em ordem durante esse caos, adote o plano de emergência que postamos em http://www.negocioscomflores.com.br/artigos-gratis/estrategia-de-guerrilha-noseu-orcamento-pessoal/

DEPOIS DA CHUVA VEM O VENDAVAL

Ok, daqui a pouco você reabriu. Vamos assumir que algo como o descrito no capítulo anterior aconteceu (os impactos da falta de liquidez).

Provavelmente você vai atacar a Páscoa, terá esperanças para o dia das mães e ainda nem quer pensar no dia dos namorados.

O segundo trimestre é o período mais forte do mercado mas esse ano vai coincidir com o pior momento da crise.

A previsão é que o PIB caia 3% esse ano, sendo que em abr-mai-jun a queda do PIB será de 6%! (ele recupera um pouco no trimestre seguinte).

3a DICA – não se isola. Quem está procurando conversas construtivas em diversas direções tem mais chance de achar sua inspiração.

4a DICA – proteger o caixa É inadiável, mas se não criar produtos atrativos e uma forma nova de promove-los, nenhuma liquidez virá. PROCURE COM QUEM FAZER ISSO PARA UMA PARCERIA NESSAS DATAS. Compartilhe esforços e combine ideias pra fazer mais com menos.

DAS CINZAS, NAS MATAS DA AUSTRALIA, A NATUREZA RESSUGIU. E PARA AQUELES QUE REBROTARAM, UM MUNDO ABERTO E SEM CONCORRENCIA SE OFERECEU!

Seja pelas dicas sobre como renegociar com fornecedores, para preservar seu negócio, ou pelas dicas do artigo de guerrilha para sobreviver sem dinheiro, nas suas contas pessoais, você vai passar pelo 2o. trimestre.

A notícia boa é que o 3o trimestre será o período mais forte desse ano ( e talvez o melhor durante os próximos tempos). Naquele intervalo o PIB deve crescer 3% ( só nesse recorte de jun-jul-ago).

Será um momento para fazer liquidez, novamente explorando parcerias, demandas reprimidas do consumidor e a sua habilidade de se comunicar agora.

Nesses meses teremos:

a) diversas datas secundárias ( dia amigo, dia da vovó, dia dos pais, dia do professor, dia do médico);

b) teremos início da safra de aniversários ( set a nov);

c) teremos o enorme apelo da PRIMAVERA ( que esse ano será uma grande celebração).

5ª DICA – OLHE o almoço ( como vender agora) mas mantenha o olhar também no jantar! ( INCLUA o próximo passo dentro das suas preocupações)

6ª DICA – use a comunicação pra construir uma tribo de seguidores. Mostre relevância e ganhe confiança nos 3 próximos meses para ter uma base de contatos pronta para suas ofertas no 3º trimestre!

A VENDA sempre começa antes da venda e quem tem o acesso ao cliente fará o negócio.

Pare de vender e comece a empreender!

Augusto Aki – consultor de modelos de negocio 019 991279660

Casamento em tempos de coronavírus

Com a crise do corona vírus e a necessidade de isolamento social, estamos nos deparando com a remarcação e adiamento de vários eventos, dentre esses, casamentos. Em meio à decepção e muitas lágrimas de noivos e convidados, surgiu uma luz no fim do túnel: as vídeo-chamadas e lives.

Em uma matéria pelo site Estadão, conhecemos a história de um casal, Erick e Laíss, que, aflitos em ter que cancelar o evento, resolveram realizar o matrimônio nas últimas horas de funcionamento dos cartórios e transmitiram a cerimônia para família, amigos e todos os seguidores em uma live no Instagram, com direito a um almoço a dois na varanda de casa com comida pedida por delivery.

Vimos também a surpresa feita para Ana Carolina e Mateus, que, apesar de terem adiado a festa para setembro, foram surpreendidos por uma ligação em grupo com muitos amigos e membros da família. Os noivos contam que essa acabou sendo uma prévia da cerimônia oficial.

Nos Estados Unidos, algumas agências estão, inclusive, se propondo a realizar casamentos online, com direito até a certidões oficiais, remetendo a outro serviço existente nas épocas de guerra, onde uniões eram realizadas à distância por meio de procurações.

E aí, alguém mais viveu algo parecido? Compartilha sua história com a gente! Mande um e-mail para marketing@cooperflora.com.br ou comente aqui no post.

 

Leia a matéria na íntegra:

https://cultura.estadao.com.br/blogs/divirta-se/casamento-em-tempos-de-coronavirus-lives-e-videochamadas-viram-alternativa-para-noivos/

A quarentena foi necessária e a crise será inevitável

Muito se falou e muito se falará nos próximos tempos sobre a forma e a duração da quarentena. A minha opinião é que ela era não somente necessária mas também que a crise decorrente da pandemia era inevitável. Compartilho essa visão porque não ganharemos nada discutimos isso. Precisamos tentar nos concentrar em 2 coisas:

1. Realmente aceitar e incorporar que o mundo será diferente no retorno pós quarentena e que será preciso pensar em um jeito diferente de conduzir seu negócio. A dificuldade será imensa. Os primeiros resultados serão obtidos por aqueles que se esforçarem nessa direção (a maior parte falará que entende isso mas continuará fazendo as coisas da mesma forma). A mudança de faz com atitudes e decisões, não com palavras!
a. Gradualmente haverá mais pessoas na rua, mas não haverá dinheiro!
b. Com menos circulação de dinheiro, haverá mais desemprego, menos consumo, mais concorrência informal e pressão para dedução de preços de produtos e serviços e se fortalecerão os canais de venda em massa.
d. O impacto na sua vida financeira pode ser esse – imagine seu faturamento de 2019. Agora tire 40% dele… Essa pode ser sua renda para 2020 (projete isso pois se for melhor você só tem a ganhar e se for realmente esse você estará preparada(o)).

2. Para o novo mundo que estamos entrando, sua renda vai ser do tamanho das mudanças que você fizer no seu negócio!
a. As lojas vão viver cada vez mais de serviços do que de produtos (mesmo sendo um ponto de venda de produtos).
b. A qualidade dos serviços, as marcas, a certificação farão toda diferença. O PONTO MAIS FORTE DE QUALQUER SERÁ A CONFIANÇA QUE ELE PROMETE/ENTREGA!
c. No caso de flores, estaremos mudando definitivamente do mercado de presentes para o mercado de consumo para uso próprio. Isso tem diversas repercussões que irei explicar na sequência e oportunidade para todos, mas você precisa transforma-las em negócios.
d. A comunicação será seu verdadeiro negócio. Quem se comunica melhor retém o cliente. Quem demonstra interesse genuíno cria defensores e pessoas que indicam seu negócio. Quem tem uma tribo de clientes aprende mais sobre mais sobre eles. Não se preocupe com a concorrência (que vai aumentar devido a guerra de preços) e sim em saber mais sobre o cliente. Quem faz isso criar novos produtos e com mais apelo e quem se comunica melhor consegue fazer negócios ajudando os clientes.
Esse é o novo modelo!

AS COISAS ESTÃO ACONTECENDO!

No interior de Santa Catarina, a Cachepos Jaraguá, uma empresa de acessórios, que já tinha um grupo de whats onde trocava ideias com os clientes, usou a lista para estimular a discussão de soluções e alternativas para a crise. Inspirados pelo tema – FLOR ALIMENTO PARA ALMA! – as lojas construíram um plano de ação que envolve distribuição de brindes aos clientes para estimular o consumo de flores para casa, acoes de promoção de vendas e até compra coletiva. Esta na mira o Dia das Mães e maneiras de fazer com que a ação cooperada seja uma realidade a partir de agora.

No Distrito Federal, liderados pelo Sebrae DF, o grupo de flores se organizou também pelo whats up para criar um espaço para troca de ideias e compartilhamento de inciativas. Ao fazer isso, iniciou-se uma força mobilizadora que inspira e motiva a todos a se engajarem. É a mudança de chave, da lamentação para a ação. Os próximos passos será a criação de planos de ação individuais, provavelmente apoiado pelo Sebrae, e uma plano conjunto para a região.

Além disso, diversas lojas e grupos distribuíram flores para hospitais e instituições que se mantiveram ativos e trabalhando em favor da sociedade.

MUDANÇAS QUE FICARÃO

O fato de todos unificarem a comunicação tem um tremendo poder de mudar a percepção das pessoas e a compra PARA USO PRÓPRIO VAI AUMENTAR! Quando aliamos a isso a nova habilidade de cooperar demonstrada nos últimos dias, muita, mas muita coisa pode ser feita para desenvolver novas formas de
se relacionar com seu público:

1. Aumento de venda para jovens, entre 25 e 35 anos. Na Inglaterra no ano passado eles foram responsáveis pela explosão de vendas de pequenas plantas verdes e pelo consumo urban jungle – a presença de plantas acalma, conforta e cria bem estar (lembre-se que muitos estão trabalhando HOME OFFICE) e isso deve continuar;
2. A terapia com plantas, durante a quarentena, vai dar origem a um novo comportamento social – HOME GARDENING. Isso vai de encontro aquelas pessoas que estão no gráfico da pagina anterior. A venda de plantas in natura, a venda de kits para montar quadros verdes, arranjos, jardins, terrarios, kokedamas e outros vai ter demanda crescente;
3. Vai ter demanda para varandas Gourmet
4. Vai ter demanda para biofilia nas empresas (projetos que recriam a área de trabalho e incluem plantas)
5. Vai crescer a demanda por painéis verticais e produtos para eles
6. Vai ter demanda para o Centros de Jardinagem
7. Vai ter oportunidade para flores em feiras livres
8. Vai voltar a ter apelo os Flower truck
9. Vai ter oportunidades para quiosques de flores
10.O dia de gratidão e as datas secundarias como dia do amigo, dia da vovó, dia dos pais, dia da secretaria vão crescer e a PRIMAVERA acaba sendo uma data maior que o DIA DAS MAES!
11.Venda de assinatura de flores ou assinatura de plantas
12.Venda de serviço de entrega de flores ou plantas para clientes de empresas de serviços (hotéis, advogados, arquitetos, engenheiros) ou de produtos plus (construtoras, imobiliárias, clinicas, concessionarias) para brinde aos clientes como demonstração de interesse genuíno (formule a proposta e veja os resultados…)
13.Transforme seu ponto de venda em um local comissionado de vendas de produtos do produtor
14.Inclua horticultura em sua oferta (essa atividade vai crescer muito – segurança alimentar e hobby)
15.Crie micro e médios eventos sobre plantas e flores (o lazer ornamental terá grande demanda – ele conecta as pessoas à natureza e a vida!)
16.Esteja conectado com fornecedores e outros parceiros para desenvolver oportunidades especificas de negócios
17.Crie a campanha – sábado é da de flores – estimulando as pessoas para comprarem flores e plantas para o final de semana em casa ou na visita a amigos
18.O mercado de aniversários vai crescer, com produtos mais baseado em plantas e arranjos (menos produtos alimentícios e produtos não florais)
19.Haverá oportunidade de empresas especializadas em entregas de plantas
20.Os Garden Centers terão grande oportunidade se transformando espaços de lazer e de descompressão (fugir do estresse do dia a dia que deve crescer com a crise)
21.Os Flower café serão oportunidades, também como espaços de descompressão
22.Vai haver oportunidade para as floriculturas especializadas somente em flores de corte
23.Vai haver oportunidade para novos projetos de paisagismo para condomínios

Diretrizes básicas que seu negocio vai precisar para esse novo mundo:
• Relacionamento à distância – tenha mais de um canal, tenha uma programação de postagens, poste coisas uteis para o bem estar do cliente (só fale de vendas de vez em quando…), tenha canais de “profundidade diferente” (whats up x telegram), tenha estratégia de cadastro, tenha estratégia de banco de dados (faça um perfil individual de cada cliente)
• Saiba mais sobre seu cliente do que a concorrência (a guerra de preços não é o campo de batalha)
• Use o produto para vender serviços
• Venda confiança
• Crie acolhimento no atendimento e demonstre sempre INTERESSE GENUÍNO
• FIXE A AÇÃO COOPERADA E COLETIVA COMO PARTE DA SUA ESTRATEGIA – preserve sua individualidade mas faça em conjunto parte das compras e as ações de promoção.
• O MAIOR PATRIMÔNIO DO SEU NEGOCIO É A SUA CABEÇA!

Saiba mais em: http://www.negocioscomflores.com.br

Confira 5 benefícios de ter flores em casa

Mais do que simples adornos, elas contribuem para a nossa qualidade de vida, influenciando positivamente no nosso bem-estar físico e emocional. Por isso preparamos este post para mostrar os benefícios das flores para a sua saúde e para o seu lar, principalmente nesses dias de distanciamento social e home office.

Para que você não tenha mais dúvidas sobre os benefícios com os quais as flores brindam seu lar, sua vida e a de seus familiares, relacionamos 5 deles. Confira e permita que elas ofereçam o que têm de melhor.

1. Minimizam as dores
Segundo diversas pesquisas realizadas em hospitais, comprovou-se que pessoas internadas que ficam em contato com as flores que recebem de presente consomem menor quantidade de medicação para aliviar suas dores. Essas pesquisas também revelaram que as flores auxiliam na recuperação mais rápida dos doentes.

2. Ajudam a relaxar
Um estudo revelou que estar em contato com a natureza é capaz de nos fazer acalmar a mente e fortalecer a saúde emocional. Além disso, ter flores em casa (ou no ambiente de trabalho) pode contribuir para a redução do estresse.

3. Melhoram a qualidade do ar
As plantas transformam o dióxido de carbono em oxigênio e são capazes de retirar outras substâncias tóxicas que estão no ar, purificando-o. Além disso, são excelentes umidificadores naturais de ambientes.

4. Inspiram a criatividade
Caso a sua criatividade esteja um tanto preguiçosa, nada melhor do que observar as flores. Suas cores e desenhos são fontes de inspiração para criar ideias e deixar a imaginação fluir. Portanto, em situações de bloqueio criativo, recorra às flores.

5. Fornecem energia
As flores de cores mais vibrantes e quentes são fontes geradoras de energia. Essa energia é uma excelente incentivadora para as atividades diárias, aditivo para a produtividade, além de estimular o apetite. Força total!

via ikebanaflores.com.br

A produção no campo não para!

Em meio ao caos em torno do COVID-19, fazemos o nosso possível com rotação de colaboradores, álcool em gel, máscaras e a conscientização de todos. Mas a natureza não espera. A produção não para. E o mercado parou.
Então, durante esse período, pense também nos produtores de flores: fique em casa, pois nós não podemos. Devemos continuar fazendo a manutenção dos nossos canteiros e nossas flores, nosso ganha pão.
Vai fazer compras para alguém no supermercado? Aproveite e leve alegria através de um maço de flores. Alguém te ajudou a cuidar dos seus filhos, quando você teve que trabalhar? Agradeça com flores. Muitas floriculturas estão trabalhando com delivery.

A flor é um alimento para alma e traz diversos benefícios para a nossa saúde física e mental!

 

Dica de Páscoa: Dianthus Lady ingreen, ou Green Ball

Passado o Carnaval, começa a contagem regressiva para uma das mais mágicas épocas do ano: a Páscoa! Só de falar da data, nos vem à cabeça família, união e chocolates. E, por falar nesse último, temos a flor perfeita para incrementar as suas decorações pascais: Dianthus Lady Ingreen.
Ela tem uma simetria esférica perfeita e uma aparência felpuda que lembra um fofinho rabo de coelho, animal também muito usado para simbolizar a Páscoa.
Essa flor foi desenvolvida no Japão e é uma variação inédita da espécie Dianthus barbatus, mais conhecida como Sweet William, e se tornou querida por floristas e decoradores estadunidenses e ingleses por sua maravilhosa aparência e coloração incomum.
Nessa Páscoa, vale usar a planta como preenchimento, substituição do musgo ou até como parte principal da decoração. Além de tudo, é um produto muito durável que, se bem cuidado, pode chegar a quase um mês em bom estado.
E aí, gostou da dica? Confira em nosso site.

Faça você mesmo – Kokedama!

A kokedama está inserida na tradição japonesa do cuidado às plantas e é uma variante do conhecido bonsai. A kokedama é uma planta decorativa que tem sido cultivada dentro de uma bola de musgo e pode ser feita com samambaias, plantas floridas, bambus ou suculentas.
Para fazer uma kokedama, você vai precisar de:
Uma planta de sua escolha;
Pedrinhas;
Musgo de turfa;
Argila;
Musgo de folha;
Cordel de linha;
Primeiramente, misture as pedrinhas, o musgo de turfa e a argila com água até formar uma massa moldável e construa uma bola. É importante que a maior parte seja composta de pedrinhas para que a raiz da planta consiga respirar, então faça uma massa que seja firma, mas não muito densa;
Em seguida, faça, com o polegar, um buraco no centro da bola e coloque a planta (lembre-se de retirar toda a terra da raiz antes). Depois, cubra o restante do buraco com terra;
Cubra a bola com o musgo de folha com um pouco de pressão para fixar;
Enrole a bola com o cordel de linha passando por todos os lados e amarre com um nó. Acrescente um pedaço de linha para pendurar a kokedama;
Após pendurar, espirre água. É importante, de tempos em tempos, mergulhar a bola em água por alguns minutos para mantê-la úmida e hidratada;

Gostou e vai fazer um para você? Nos envie fotos do resultado!

Green Moments

Anualmente, no mês de janeiro, a National Retail Federation promove, em Nova York, o NRF Big Show, o maior e mais importante evento de varejo do mundo. São 3 dias de debates, apresentações e demonstrações, do que de mais moderno existem em tecnologia e tendências no setor. Dezenas de milhares de profissionais de todo o mundo participam do evento. Várias missões brasileiras de empresários e executivos comparecem anualmente, no intuito de se atualizar e aprimorar.
A National Retail Federation é a maior associação comercial do mundo. Seus membros incluem lojas de departamentos, especialidades, descontos, catálogos, Internet e varejistas independentes, cadeias de restaurantes, supermercados e empresas de marketing multinível.
Eu, Walter Luis Wingue – Vice Presidente do Ibraflor, tive a grata oportunidade de assistir uma palestra no Evento do Sindilojas de Porto Alegre RS, da empresária Bruna Luz, que esteve na NRF 2020, e fez um resumo do que mais lhe chamou a atenção na edição.
Em especial, a palestra do arquiteto Shane Danos, diretor de Visual Merchandising do grupo Creative Neiman Marcus. Shane supervisiona o desenvolvimento da empresa e a criação de programas visuais e criativos de marketing visual, incluindo janelas e ambientes de loja. A Neiman Marcus desenvolveu com sucesso a nova loja principal da NYC Hudson Yards, que incluiu novas plataformas digitais na loja, experiências e ativações do cliente. Em sua palestra associou o Calmcommerce – o comércio de produtos para acalmar, suavizar a vida das pessoas – com as plantas. São os “green moments” dentro das lojas. As lojas estão trazendo plantas para compor sua decoração interna e de vitrines, no intuito de promover uma conexão do urbano com a natureza.
As plantas ajudam no Visual Merchandising, e transmitem, ainda, sensação de vida e tranquilidade!
Além de várias lojas de Nova York, a empresária, que reside na Alemanha, tem visto o uso de plantas em lojas da Espanha e Portugal.

(por Walter Luis Winge para o Boletim do IBRAFLOR de janeiro 2020)

Já conhece a Alstroeméria Spray?

A primeira novidade apresentada ao mercado em 2020 pela Cooperflora, foi a Alstroeméria Spray, uma variação da Alstroeméria tradicional, porém, com muito mais flores, além de pequenos botões, em uma única haste.

A Alstroeméria é conhecida por ser uma flor com grande durabilidade pós colheita e pela ampla gama de cores disponíveis: rosa, roxo, branco, amarelo, vermelho, laranja, lilás… com a versão spray, não é diferente. A durabilidade é similar à tradicional e a opção de cores também é vasta.

Dentre as Alstroemérias Spray que estão em produção pela nossa base produtiva, destaca-se a Alstroeméria Paradiso, branca-esverdeada e vencedora de alguns prêmios europeus de produtividade e beleza.

Em 2015 ganhou o Alstroemeria Award, prêmio da ‘Dutch Alstroemeria Board’, cuja banca jurada engloba breeders (melhoristas genéticos), produtores e conselheiros e avalia fatores como qualidade, vida em vaso e formato inovador. Em seguida, recebeu o prêmio de “Novelty Award”, fornecido pela IPM em Essen, na Alemanha.

Por aqui ela ainda é pouco conhecida, mas se depender de nós em breve será tão popular quando a Alstroeméria tradicional. 😉