Cooperativismo ganha força em 2022

Segundo levantamento recente conduzido pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), tomando por base dados divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), os municípios brasileiros que têm a presença efetiva de cooperativas apresentam Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) médio de 0,701 contra 0,666 para cidades não servidas. O fato demonstra que o cooperativismo tende a ser um dos grandes impulsionadores da economia em 2022, especialmente com os aprendizados trazidos pela pandemia ao longo dos últimos anos.

O momento também auxilia o segmento a quebrar barreiras nos centros urbanos, onde sempre encontraram mais dificuldades de penetração em comparação com cidades do interior. “Quanto mais as pessoas percebem que não estão encontrando serviços no mercado tradicional, mais acabam exercitando essas ferramentas coletivas. O cooperativismo nada mais é do que um grupo de pessoas com objetivos em comum dando acesso a essas ferramentas ou serviços para outras pessoas”, explica Mauri Alex de Barros Pimentel, diretor financeiro do Instituto Brasileiro de Estudos em Cooperativismo e professor convidado do ISAE Escola de Negócios.

A participação em cooperativas torna o jogo mais justo. Diferente dos modelos empresariais tradicionais, onde a organização precisa rentabilizar com o cliente para pagar um “prêmio” ao investidor, nas cooperativas o próprio cliente é o dono do negócio e este só existe para servi-lo adequadamente e a um preço justo. “A vocação do cooperativismo é fornecer desenvolvimento local, uma vez que entregam para a própria sociedade o poder sobre as relações de trabalho e consumo, bem como os resultados advindos da atividade econômica por ela própria desenvolvida”, aponta o especialista.

Concessões de crédito

Pesquisa realizada pelo SEBRAE em parceria com a Fundação Getúlio Vargas mostrou que as cooperativas foram essenciais para muitos micro e pequenos empresários, visto que a taxa de sucesso na concessão dos créditos solicitados neste período superam 31% ,nas cooperativas contra apenas 12% em bancos privados e 9% em bancos públicos. Para Pimentel, a explicação para este fato é relativamente simples: “o cooperativismo nasce da crise e é impulsionado por ela”. “As cooperativas são muito mais efetivas na concessão de crédito. Por estarem próximas de seus cooperados, mitigam mais esse risco do que os bancos”, afirma o professor do ISAE.

E as perspectivas para o segmento são animadoras. O próprio Banco Central espera um aumento significativo da participação das cooperativas no sistema financeiro nacional. A expectativa é que estes empreendimentos representem mais de 20% do mercado até o final de 2022, proporcionando inclusão e cidadania financeira a milhares de brasileiros, principalmente àqueles de regiões com baixa perspectiva de lucro. “Como a cooperativa tem no centro de suas atenções o atendimento e a melhoria da qualidade de vida do cooperado, sua estrutura é enxuta o bastante para permitir esta operação em condições competitivas, cumprindo assim o seu papel desenvolvimentista e de inclusão social”, complementa Mauri Alex de Barros Pimentel.

Fonte: Agrolink

Flores no supermercado

Os supermercados também se tornaram ambientes de oportunidades de oferta de flores e plantas. E, por conta disso, muitos varejistas já disponibilizam espaços de destaque para floriculturas nos estabelecimentos.

Esta possibilidade também abriu espaço para que profissionais auxiliassem os supermercadistas no desenvolvimento da área de flores, visando oferecer beleza e um bom faturamento. Angela Marin é especialista em gestão de flores nos supermercados e também cliente Cooperflora.

Esta gestão e fornecimento de flores tem como objetivo aumentar as vendas, embelezar, decorar e perfurmar as lojas, além de minimizar as perdas de produtos nos supermercados.

Angela falou mais sobre o assunto em uma entrevista super legal para a revista Mercaurantes, que pode ser lida na íntegra clicando neste link.

Foto: Revista Mercaurantes

Fonte: Revista Mercaurantes

Natal com flores desidratadas

Durante a pandemia, pela praticidade e alta durabilidade desses produtos, as desidratadas explodiram no Brasil e, para atender os pedidos de nossos clientes e essa demanda, começamos a comercializar diversas variedades desse produto. De rosas e rosas spray a limoniuns, as possibilidades de combinações são gigantescas!

E porque não utilizá-las também nas decorações natalinas? Nossas flores desidratadas podem ser utilizadas sozinhas ou acompanhadas de flores frescas. Fica incrível e nós podemos provar!

Abaixo, você confere exemplos de composições, arranjos e guirlandas produzidas pelo designer floral, Michel Benevenute, e por seus alunos.

Pantone divulga a Cor do Ano 2022

A Pantone, referência mundial em sistemas de cores, divulgou na quarta-feira, dia 8 de dezembro, a cor do ano 2022: PANTONE 17-3938 Very Peri. Ao anunciar a cor do ano, a empresa frisou que a tonalidade escolhida “nos ajuda a abraçar esta paisagem alterada de possibilidade, abrindo-nos para uma nova visão, enquanto reescrevemos nossas vidas”.

A decisão pela cor Very Peri tem ligação direta com o momento atual em que vivemos, quando começamos a sair de um longo período de isolamento, em decorrência da pandemia, e as noções e padrões de nossas vidas física e digital já se encontram convergindo.

Para o vice-presidente do Pantone Color Institute, “a criação de uma nova cor, pela primeira vez na história de nosso programa educacional de cores PANTONE Color of the Year, reflete a inovação e transformação globais que estão ocorrendo”.

Para chegar à seleção, a cada ano, os especialistas em cores da Pantone no Pantone Color Institute ™ vasculham o mundo em busca de novas influências de cores. Isso pode incluir a indústria do entretenimento e filmes em produção, coleções de arte em viagem e novos artistas, moda, todas as áreas do design, destinos de viagens populares, bem como novos estilos de vida, estilos de diversão e condições socioeconômicas. As influências também podem advir de novas tecnologias, materiais, texturas e efeitos que afetam a cor, plataformas de mídia social relevantes e até eventos esportivos futuros que capturam a atenção mundial.

Color Harmonies

Fonte: https://www.pantone.com/

Protea é destaque no desfile da designer Patrícia Bonaldi

Que as proteas são flores exuberantes, não é novidade pra ninguém. Por isso mesmo, elas sempre são destaque nos arranjos e nas decorações. Mas, de vez em quando, elas também brilham em outros ‘ambientes’.

Foi o que aconteceu na última edição do New York Fashion Week (NYFW)! A designer brasileira, Patrícia Bonaldi, escolheu a protea para estampar a coleção de primavera/verão 2022 de sua marca, a PatBo.

O resultado ficou incrível e vocês podem conferir nas fotos deste post!

No Brasil, a venda dessas flores pré-históricas (sim, fósseis de 300 milhões de anos provam que essa é de fato uma das plantas mais antigas do mundo) é exclusividade Cooperflora e sua produção fica por conta do nosso cooperado Fazenda Alpes, pertencente ao grupo Reijers.

Cooperflora realiza 3ª Feira de Oportunidades em Curitiba

A 3ª edição da Feira de Oportunidades, realizada na cidade de Curitiba, foi um sucesso. O evento contou com a participação de produtores e clientes e, pela primeira vez desde o começo da pandemia, a feira aconteceu de maneira 100% presencial.

Todas as medidas preventivas foram respeitadas para que o evento ocorresse de forma segura para todos os presentes.

Foram dois dias de programação e muita troca de conhecimento sobre flores e novidades do mercado. Na quarta-feira, dia 10/11, a feira aconteceu das 8h às 18h e na quinta-feira, dia 11/11, das 8h às 12h.

Tradicionalmente, o evento é realizado na sede da Cooperflora, em Holambra, em duas edições anuais. Em 2021, as edições foram realizadas num evento on-line.

Confira algumas fotos da Feira de Oportunidades de Curitiba!

Cooperflora marca presença no 23º Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e 10º Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas

A Cooperflora esteve presente no 23º Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e 10º Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, através da participação dos gestores Andrea Wagemaker e Gustavo Vieira, responsáveis, respectivamente, pelas áreas de Marketing e Núcleo Varejo e Ana Carolina Bruzomolini, bióloga da Fazenda Dallas, cooperado Cooperflora.

O congresso está acontecendo entre os dias 19 e 22 de outubro de 2021, de forma on-line e, desde o ano de 2003, o Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais (CBFPO) e o Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas (CBCTP) são realizados conjuntamente.

Ambos os eventos são os maiores das áreas e são reconhecidos nacionalmente. Participam técnicos, produtores, empresários, pesquisadores, docentes e estudantes de graduação e pós-graduação vinculados ao setor de floricultura, paisagismo e propagação de plantas in vitro, além das principais empresas do setor.

Na edição de 2021, a Cooperflora está presente através da participação dos gestores com a seguintes palestras:

– A Cooperativa e a comunicação com o mercado: ferramentas e ações. (Andrea Wagemaker)

– Qualidade em produção de plantas ornamentais. (Gustavo Franco Rosa Vieira)

– Conhecendo o mercado da flor de corte: produção de rosas de corte. (Ana Carolina Bruzomolini)

Para saber mais sobre o evento e acompanhar as palestras, clique no link a seguir: https://cbflorcultec2021.com.br/

Suvinil divulga “Eclipse” como sua cor do ano para 2022

Na última quinta-feira, dia 14 de outubro, a Suvinil anunciou sua cor do ano para 2022: o verde Eclipse. Segundo a marca, este é um tom de verde fresco, que traz a energia e a saturação que precisamos ao entrar em uma nova aventura.

Batizado de “Sensações Cromáticas”, o Suvinil Revela 2022 é assinado pelo consultor de cores da marca, Michell Lott, e apresenta 45 cores distribuídas em três macrotemas – Mundo Ideal, Mundo Surreal e Mundo Digital.

A escolha da cor do ano permeia as tendências que o mundo da moda, design e decoração seguirá pelos próximos 12 meses. E isso também impacta na tomada de decisão dos decoradores florais ao considerarem cores e combinações a serem utilizadas em festas e eventos.

Confira a cor do ano 2022 e as combinações propostas pela Suvinil:

Mundo Ideal
Mundo Surreal
Mundo Digital
Outubro Rosa: entrega de flores no CAISM

Na última sexta-feira, dia 8 de outubro, a Cooperflora participou da entrega de rosas no Hospital da Mulher – CAISM, localizado na Unicamp. A ação é realizada anualmente em parceria com a Transportadora Inova e o Grupo Reijers e faz parte da campanha do Outubro Rosa.

Por conta das medidas preventivas contra a Covid-19, a distribuição das flores aconteceu no ambiente da recepção, com planejamento de entrega seguro, respeitando as orientações do Ministério da Saúde, a fim de evitar aglomerações e garantir que todos recebessem as rosas em segurança.

As flores coloriram o ambiente e transmitiram alegria as pacientes que receberam este carinho e abraço em forma de rosas. Os profissionais da saúde que trabalham no CAISM também foram presenteados com a oferta de nossos produtores.

O mês de outubro é dedicado a conscientização, mas os cuidados devem ser tomados durante todo o ano. O autoexame e o acompanhamento médico devem fazer parte da rotina das mulheres e são métodos eficazes no combate e diagnóstico precoce da doença.

CAISM

Em último levantamento, cerca de 58 mil consultas foram realizadas no ano de 2020 no Hospital da Mulher – CAISM/Unicamp. Deste número, aproximadamente 20 mil foram consultas médicas oncológicas. As demais estão divididas entre Pronto Atendimento, DAAP, Anestesiologia, Neonatologia, Obstetrícia.

OUTUBRO ROSA

Celebrado no Brasil e no exterior, o mês de outubro promove a conscientização sobre o câncer de mama, a fim de contribuir para a redução da incidência e da mortalidade pela doença.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA, para o Brasil foram estimados 66.280 casos novos de câncer de mama em 2021, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres.

O conhecimento pode ajudar diversas mulheres a encontrarem um diagnóstico precoce que pode chegar a 100% de chance de cura.

Mais recentemente, o Ministério da Saúde incluiu o câncer de colo de útero nas campanhas de conscientização do Outubro Rosa.

Saiba tudo o que aconteceu na 13ª Feira de Oportunidades

De 13 a 16 de setembro, aconteceu a 13ª edição da Feira de Oportunidades da Cooperflora e, para nós, este evento é o momento de reunir cooperados, clientes e colaboradores da cooperativa para falarmos mais sobre o mercado das flores.

Pela segunda vez, o evento foi realizado totalmente on-line e permitiu que pessoas de todo o país pudessem estar conectadas para dividir conhecimento sobre flores, novidades do mercado e, claro, fazer negócios.

Desta vez, nossa feira foi transmitida via “Smart Event”, uma plataforma desenvolvida exclusivamente para eventos e congressos virtuais.

Para a programação, reservamos os três primeiros dias de evento para as rodadas de pitchs com os produtores Cooperflora. Todos que participaram tiveram 20 minutos para falar sobre as novidades de sua produção e contar um pouquinho sobre sua história.

Para finalizar, a agenda da quinta-feira, dia 16/09, contou com a apresentação dos novos produtos da cooperativa, apresentados pelos nossos coordenadores da área, Fábio Manoel e Edson Ribeiro.

Além disso, ainda na quinta, nós convidamos nomes de relevância no setor para um bate-papo. Paulo Lo Frano, responsável pelo marketing da Floral Atlanta, conversou com Andrea Wagemaker, gerente de marketing da Cooperflora, sobre as novidades na linha de acessórios diversos para floricultura.

Em seguida, Rosalvo Ponte, decorador com quase 30 anos de experiência na área, dividiu conosco um pouco sobre sua história profissional e falou sobre as expectativas em relação a retomada dos eventos no país. Quem conduziu o papo, foi o gerente comercial do núcleo de atacado, Fernando Machado.

Para fechar com chave de ouro, o diretor geral da Cooperflora, Milton Hummel, conversou com o expert em varejo, Sandro Benelli sobre assuntos relacionados a experiência de consumo, mudanças e avanços tecnológicos do setor varejista.

Finalizado o evento, disponibilizaremos semanalmente o conteúdo da Feira de Oportunidade no canal da Cooperflora no Youtube. Aqueles que não conseguiram acompanhar todos os dias de evento, ou ainda, aqueles que querem rever as apresentações, poderão conferir tudo de forma on-line!

Para conferir o conteúdo, clique neste link!

PLANT LOVER: um empolgante depoimento de uma vietnamita, hoje moradora da Nova Zelândia, ao Daily Mail Austrália

Linh Tong comprou sua primeira planta em meados de 2018, para iluminar sua casa com um pouco de verde e contribuir para uma decoração barata e acessível. Hoje, com mais de 60 plantas de interior, nesse mesmo ambiente, ela diz emocionada:

“Bem-vindo(a)s ao meu santuário. Cuidar dessas plantas ajudou a me distrair da depressão e do estresse. Eu pensei que se minhas primeiras plantas podiam me deixar tão feliz, eu queria obter mais. As plantas realmente fazem maravilhas pela minha saúde mental. Eu sou uma introvertida e recarrego minhas energias passando um tempo sozinha. Cuidar das plantas me ajuda a desacelerar, oferecer um tempo para a solidão e a contemplação tranquila, longe da agitação da vida cotidiana. Aprendi a valorizar as pequenas coisas da vida, como a forma como uma nova folha nasce se desenrolando pode trazer tanta alegria para mim ou a forma como a luz projetada em minhas plantas parece tão mágica. ”

Fonte: Hórtica Consultoria e Inteligência de Mercado | Daily Mail Austrália.best Running shoes brand | Mens Nike Sneakers

13ª Feira de Oportunidades acontece na próxima semana

Na próxima segunda-feira, tem início a 13ª edição da Feira de Oportunidades Cooperflora. O evento, que será realizado em formato 100% on-line, acontece de 13 a 16 de setembro e contará com novidades no formato.

A Feira será transmitida via “Smart Event”, plataforma desenvolvida exclusivamente para eventos e congressos virtuais. Além disso, diferentemente da edição de março, serão quatro dias de evento, das 17h às 20h.

O objetivo é permitir que mais pessoas possam aproveitar o conteúdo completo e também evitar reuniões/apresentações acontecendo simultaneamente. Afinal, este é o momento para falarmos mais sobre flores, novidades do mercado e fazer negócios.

A rodada de pitch dos produtores será ainda mais dinâmica, terá 20 minutos e todos os segmentos participarão juntos (clientes do atacado, varejo, decoração e brokers).

No último dia, a agenda inclui a apresentação de novos produtos com nossos coordenadores de produtos e um bate-papo com convidados, conduzido por membros da nossa equipe.

Ah e se você não é cliente Cooperflora, não se preocupe. Os melhores momentos da nossa Feria de Oportunidades serão compartilhados com todos posteriormente. É só ficar ligado e nos acompanhar por aqui!Sports Shoes | As part of Jordan Brands unveiling of their Summer 2021 lineup, official images of the the Air Jordan 6 “Barely Rose” (Gold Hoops) , Sciaky

Mulheres que vivem rodeadas de plantas vivem mais, diz a ciência

Pesquisadores da Universidade de Harvard divulgaram um estudo na Environmental Health Perspectives, que revela que mulheres que vivem em um espaço rico em vegetação vivem mais. De acordo com a pesquisa, nesses lugares o índice de mulheres que falecem é 12% menor do que em outros espaços. Isso só reafirma a importância de viver em comunhão com a natureza.

O teste foi realizado com uma grande quantidade de mulheres, no total 108 mil e durou por 8 anos, no período de 2000 e 2008. Esta análise da exposição à natureza foi cuidadosamente estudada.

As participantes da pesquisa puderam vivenciar vantagens de vidas passadas aproveitando o verde dos bosques e parques, tanto psicológica quanto fisicamente. Segundo o pesquisador Peter James: “uma grande parte dos aparentes benefícios dos altos níveis de vegetação parece estar associada à melhoria da saúde mental”. No estudo uma boa porcentagem das mulheres apresentaram diminuição nos níveis de depressão, isso se deve ao fato de que este estilo de vida cria mais possibilidade de estabelecer relações e atividades sociais.

Além do alívio psicológico, cercar-se de plantas também pode reduzir os riscos de doenças respiratórias e tumores, uma vez que o ar puro da floresta se contrapõe à poluição dos grandes centros urbanos.

A dica dos especialistas é que, mesmo não podendo morar em áreas onde o verde é abundante, pelo menos devemos adquirir o hábito de cultivar plantas em casa. Faça jardins ou de sua varanda um bom lugar para mantê-las mais próximas a nós.

Fonte: ContioutraAuthentic Sneakers | nike air max 97 lemonade yellow dress

10º Seminário Ibraflor acontece na quinta-feira, dia 26 de agosto

A 10º edição do Seminário Ibraflor, realizado anualmente pelo Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), acontece nesta quinta-feira, dia 26 de agosto. Este ano, o evento será realizado no formato híbrido e tem como tema central a “Sustentabilidade em toda cadeia produtiva”.

O objetivo é discutir qual cenário produtores de plantas e flores ornamentais, distribuidores, atacadistas, pontos de venda e demais envolvidos com o setor enfrentarão, uma vez que, a sustentabilidade é a tônica do futuro.

Além disso, a comunidade global tem refletido sobre os impactos negativos causados pelos antigos modelos e está se mobilizando, cada vez mais, para a promoção do desenvolvimento sustentável por se tratar de uma solução viável e positiva, tanto para o meio ambiente quanto para a economia e o setor privado.

Para a presidente do Ibraflor, Kees Schoenmaker, este é o momento de trazer à tona este assunto tão importante para o mercado das flores.

Os modelos de negócios sustentáveis, inclusive, têm apostado no reaproveitamento de insumos e recursos para diminuir os custos da produção e no consequente aumento do lucro. Por isso, o 10º Seminário Ibraflor, quer discutir com todos os elos da floricultura nacional as implicações que os projetos sustentáveis podem trazer para a diminuição de custos, já que, ao reduzirmos os impactos ambientais, aumentamos as vantagens competitivas e melhoramos a relação com o consumidor. As palestras buscarão mostrar como é possível promover o crescimento consciente e a inovação dos processos”, afirma a presidente.

O seminário ocorre em Holambra, das 8h às 18h, com limite de 200 vagas presenciais, mas com inscrições on-line ilimitadas. Os interessados podem se inscrever no site do Ibraflor.

Para saber mais sobre os palestrantes, clique aqui.

Informações: Ateliê da Notíciabest shoes | Jordan

São Paulo tem retorno de eventos a partir desta terça-feira, dia 17 de agosto

Embora os eventos tenham sido liberados, uma série de obrigatoriedades e medidas preventivas devem ser cumpridas

O governo de São Paulo, anunciou a retomada dos eventos no estado a partir de hoje, dia 17 de agosto. A notícia tende a aquecer e movimentar o mercado das flores.

Com a liberação, poderão ser realizados, sem limite de público, eventos sociais, como casamentos, formaturas e aniversários, feiras corporativas, entre outros.

A medida se tornou possível devido à queda na ocupação das UTIs e melhora nos indicadores da Covid-19 em São Paulo.

Mas, embora a retomada tenha início nesta terça-feira, os eventos deverão acontecer em conformidade com as obrigatoriedades e protocolos de higiene e distanciamento social. Pistas de dança estão proibidas nos eventos e o uso de máscaras continua obrigatório nas dependências das confraternizações.

Desta forma, aglomerações de qualquer natureza continuam proibidas e podem gerar multas aos organizadores e responsáveis.

O governo do estado de São Paulo, anunciou a retomada dos eventos no estado a partir de amanhã, dia 17 de agosto.nike dunk high black leather chair for sale | Giftofvision, ALWAYS LIKE A SALE

Sustentabilidade na floricultura internacional

A empresa brasileira G2D, de investimentos em tecnologia e gestora da GP Investments acaba de aportar recursos da ordem de US$10 milhões na inglesa Freddie’s Flowers, sediada em Londres. A floricultura é especializada na venda de assinaturas de flores e é considerada sustentável. Foi a primeira rodada de investimentos feita pela empresa e angariou um aporte total de US$ 60 milhões.

Para neutralizar a emissão de carbono na atmosfera, além de bicicletas elétricas utilizadas em 30% de suas entregas, a empresa se compromete com o plantio de árvores na Amazônia e na Europa. As suas embalagens não utilizam plásticos. Além disso, as flores comercializadas só são colhidas depois de vendidas. A Freddie’s Flowers é certificada quanto à sua neutralização na emissão de carbono.

Os recursos obtidos serão aplicados para a expansão de mercado, em um primeiro momento concentrado na Europa. A companhia detém uma carteira de 130 mil assinantes e tem crescido 72% ao ano, desde 2016.

A transação ocorre no âmbito da emergente explosão de negócios de captação de recursos por empresas associadas à ESG (Environmental, Social and Governance).

Fonte: Hórtica Consultoria. Estudos de Tendências e Inteligência de Mercado. Freddie’s Flowers, London

Imagem: The TimesSports Shoes | Kids Air Jordan — Ietp

O simbolismo das flores nas Olimpíadas de Tóquio-2020

As flores têm papel importante na 32ª edição dos Jogos Olímpicos, realizada na cidade de Tóquio, no Japão. Presentes nos buquês entregues aos atletas medalhistas, elas simbolizam a reconstrução do país, atingido pelo desastre nuclear de Fukushima, em 2011.

Para a construção dos buquês olímpicos, desenhados pelo Conselho de Flores Nippon, os artistas optaram por flores de áreas atingidas pelo desastre. Foram escolhidos girassóis de Miyagi, lisianthus e selos-de-salomão de Fukushima, gencianas de Iwate e aspidistras de Tóquio.

Os buquês têm, aproximadamente, 17 cm de diâmetro e 28 cm de altura e são formados por flores naturais. Por este motivo, o arranjo é finalizado com uma espécie de bolsa com água, em forma de gel, que garante o frescor das plantas por mais tempo.

Além disso, a versão olímpica dos buquês conta com as réplicas do mascote dos Jogos Olímpicos, o Miraitowa, que tem seu nome formado da combinação de palavras japonesas que representam futuro e eternidade.

Um total de 5000 réplicas serão produzidas para entrega nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Marketplace e as floriculturas fantasmas

A pandemia vivenciada desde o início de 2020 alterou, em grande medida, os hábitos de compra do brasileiro. Com o comércio fechado, o jeito foi se aventurar pelas compras on-line.

Com as floriculturas não foi diferente! Segundo dados do Ibraflor (Instituto Brasileiro de Floricultura), a procura pelo e-commerce provocou um aumento de 10% no setor em 2020 na comparação com o ano anterior.

A carioca Andrea Elkind, deu início em sua história de empreendedorismo em 2019, quando criou a “Lucho Verde”, uma floricultura fantasma que funcionava 100% online, sem nenhum espaço físico para vendas. Com o início da pandemia e o apelo do comércio eletrônico, o projeto ganhou forças e decolou!

Em 2021, com a retomada da abertura do comércio, Andrea abriu a primeira loja física para venda de seus arranjos e plantas. Mas até a realização desta conquista, a “Lucho Verde” foi gerida da residência da artista floral. Aliás, até hoje, é ela quem trabalha em todas as frentes do negócio, desde a compra das flores para montagem dos arranjos até a entrega do produto. Demais, não é?

Se você quer saber mais sobre a “Lucho Verde”, clica aqui pra ouvir nosso bate-papo com a Andrea Elkind no Floracast, o podcast da Cooperflora!

Núcleo Cooperflora de Aprendizado (NUCA) é oficialmente lançado

Na última terça-feira, dia 6 de julho, data em que a Cooperflora comemorou 22 anos de fundação, lançamos um espaço inteiramente dedicado à qualificação e formação de nossos cooperados e colaboradores: o NUCA, Núcleo Cooperflora de Aprendizado!

A plataforma de ensino permitirá aos interessados aprofundar o conhecimento sobre temáticas que impactarão e influenciarão o crescimento pessoal e o ecossistema de nossa cooperativa. Assuntos sobre tendências de mercado, aperfeiçoamento profissional e a respeito da Cooperflora estarão disponíveis em versão on-line, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

O lançamento do NUCA é resultado de um esforço conjunto e contempla o acesso ao conhecimento por meio do estudo remoto. A ideia de criar um espaço de desenvolvimento contínuo, com aprendizagem dinâmica e troca de experiências já era sentida anterior ao início da pandemia e foi durante este período que o projeto ganhou vida e rolex swiss replica watches, hoje, é oficialmente lançado.

A todos os cooperados e colaboradores, desejamos que usufruam do material disponível com sabedoria e que utilizem o espaço para crescimento pessoal e profissional. Estaremos sempre à disposição para receber sugestões, sanar dúvidas e compartilhar ideias.

Parabéns, Cooperflora!

Hoje é dia de festa na Cooperflora! Nesta terça-feira, dia 6 de julho, nossa cooperativa comemora 22 anos de fundação e de uma história que vem sendo construída por um time de profissionais dedicados e por cooperados que se uniram voluntariamente para juntar forças e focar naquilo que mais amamos: FLORES!

Nós temos muito orgulho em ser uma cooperativa que acredita que é possível produzir e comercializar flores de um jeito diferente e, principalmente, por estarmos cercados de cooperados que trabalham produzindo flores que farão parte de momentos únicos e memórias inesquecíveis na vida de pessoas por todo o Brasil.

Vasos em casa: dicas para cuidar das suas plantas

Se você é do nosso time e acha que qualquer ambiente da casa é lugar para um vaso, então nós temos algumas dicas que irão te ajudar a cuidar ainda melhor das suas plantinhas!

É preciso lembrar que cada planta tem suas características próprias, sua beleza e suas necessidades. Por isso, nós separamos alguns cuidados específicos a serem tomados com as espécies dentro de casa.

ORQUÍDEA: Manter em local iluminado sem luz direta, colocar 3 cubos de gelo abaixo das folhas 1 vez por semana.

SUCULENTA E CACTUS: A planta pode ser mantida dentro de casa, na varanda ou jardim. Regue todos os dias e não deixe acumular água no pratinho.

 GIRASSOL: Manter o vaso em local bem iluminado, regar duas vezes por semana mantendo a terra úmida. Não molhar as folhas e flores.

SAMAMBAIA: Luz indireta, ideal para ambiente interno. Regar uma vez ao dia.

JIBOIA: Luz direta, regar duas vezes na semana.

KALANDIVA: Manter o vaso em local bem iluminado, regar duas vezes por semana mantendo a terra úmida. Não molhar as folhas e flores.

PEPEROMIA: Luz direta, não necessita de muita água. Uma vez na semana é suficiente.

FITONIA: Luz direta ou indireta, regar duas vezes na semana.

FILODENDRO: Luz direta, não necessita de muita água. Uma vez na semana é suficiente.

ABACAXI ROXO: Manter o vaso em local bem iluminado, regar duas vezes por semana mantendo a terra úmida. Não molhar as folhas e flores.

ERVAS: A planta pode ser mantida dentro de casa, na varanda ou jardim. Regue todos os dias e não deixe acumular água no pratinho.

BROMÉLIA: Pode ser cultivada dentro ou fora de casa, água 2 vezes por semana. Molhar apenas o substrato.

Gostou? Agora é só colocar a mão na massa!